Rua Chile

Com apenas 400 metros, foi construída em 1549, por Tomé de Souza, primeiro Governador Geral do Brasil e recebeu o nome de Rua Direita dos Mercadores.

A cidade possuía duas entradas, a Porta de Santa Luzia e Porta de Santa Catarina. Dos anos 30 aos anos 60, a Rua Chile foi o centro sofisticado de compras e lazer de Salvador, com clientes vindos de toda a Bahia para se hospedar e passear pela rua. Nessa época brilharam as lojas Sloper e casa duas Américas, assim como Alfaiataria Londres e Loja de artigos masculinos Adamastor.

Atualmente a Rua Chile é a porta de entrada para o Centro Histórico de Salvador, tendo em seu entorno alguns dos principais cartões postais da cidade: a Praça Castro Alves, o Elevador Lacerda, a Igreja da Ajuda, a Câmara Municipal e o Conjunto Arquitetônico da Misericórdia.