Cinema

06 de Agosto

Documentário “Samba Junino - de Porta em Porta”

O Samba Junino é um ritmo essencialmente soteropolitano. Reconhecido em 2018 como Patrimônio Cultural e Imaterial de Salvador, sua sonoridade e formas de apresentação – em cortejo pelas ruas dos bairros populares – e influenciam as manifestações culturais e resgata as tradições nordestinas durante os festejos juninos. Para contar histórias e curiosidades sobre o estilo musical, o documentário Samba Junino - de Porta em Porta será lançado no dia 6 de agosto, no Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha e em outros quatro espaços. O doc é assinado pela cineasta Fabíola Aquino, que divide direção e roteiro com Dayane Sena. Com financiamento da Fundação Gregório de Mattos (FGM), a iniciativa integra as ações de Salvaguarda do Samba Junino e as comemorações pelo mês da Igualdade Racial.         

O documentário musical mostra o Samba Junino inserido em um movimento de resistência e luta da cultura negra. Produzido pela Obá Cacauê Produções, com duração de 52 minutos, o filme evidencia o surgimento do ritmo oriundo dos bairros periféricos e com predominância da população negra de Salvador, tendo inicio no final da década de 1970. A narrativa também destaca que, ao influenciar na formação da música baiana, o ritmo contribuiu para dar visibilidade a artistas como Ninha, Tatau, Tonho Matéria, Xexéu, Márcio Vitor e os Irmãos Passa-Fé, entre tantos outros. Já sonoridade marcante – com batidas aceleradas que apresentam um “samba duro”, gênero irmão do samba caboclo – e as letras melódicas do ritmo, ganharam as vozes de cantores comoDaniela Mercury e Jorge Zarath.      

Serviço

O que: Lançamento do documentário Samba Junino de Porta em Porta

Quando: dia 06 de agosto de 2019; às 18h30

Onde: Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha (Praça Castro Alves, s/n – Centro, e em outros quatro espaços culturais de Salvador.